CONSELHO DE CLASSE

Conselho de Classe


Qual a finalidade?


O Conselho de Classe é uma atividade por excelência avaliativa, que permite a discussão e análise coletiva do processo de ensino em curso se tornando um instrumento indispensável ao processo educacional uma vez que dinamiza o processo de avaliação por intermédio das múltiplas análises de seus participantes bem como a corresponsabilização das decisões tomadas e dos seus resultados. Neste sentido o conselho de classe deverá privilegiar a reflexão coletiva e democrática, onde todos avaliam se auto avaliam em busca de melhores alternativas, para o sucesso da escola, se tornando um elemento básico para a integração das relações na Unidade Escolar, e conseqüentemente para a construção de um projeto político pedagógico de ação integradora e transformadora.
E na sua escola como esta sendo realizado o conselho de classe?Você esta satisfeito com os resultados?Em que tem se fundamentado a realização do conselho de classe na sua escola?Qual o foco?
Organizamos alguns pontos práticos e fundamentais pertinentes ao Conselho de Classe no intuito de contribuir com a realização do mesmo de forma qualitativa.


Por que Conselho de Classe?

1. Fornece a integração entre os professores, aluno e família;
2. Torna a avaliação mais dinâmica e compreensiva;
3. Possibilita um desenvolvimento progressivo da tarefa educacional;
4. Conscientiza o aluno de sua atuação dividindo responsabilidades;
5. Considera as áreas afetivas, cognitivas e psicomotora;
6. Permite a busca coletiva de instrumentos e critérios na dinâmica educacional que permitam abranger os diferentes domínios do comportamento humano, em função do desenvolvimento integral;
7. Oportuniza reflexão e conscientização quanto aos objetivos do ensino- aprendizagem, no sentido de que a avaliação integral, volta-se mais para o desenvolvimento, do que para o conhecimento, oferecendo melhores condições de motivação para uma aprendizagem eficiente, eficaz e duradoura;
8. Dinamiza o dialogo entre todos os envolvidos no processo educacional, evitando uma avaliação cujo objetivo são fundamentados apenas em identificar e determinar;
9. Possibilita a avaliação do desempenho de todos os educadores envolvidos no processo educacional junto à escola;
É necessário pensar em um conselho de classe que seja capaz de verificar:

• A postura do educador frente ao processo ensino-aprendizagem;
• A coerência entre prática pedagógica e a proposta da escola;
• Aproximação e melhor relacionamento entre professor e aluno;
• O comportamento do aluno frente à classe, ao professor e a escola;
• Se há coerência entre critérios de avaliação adotados pelos diferentes professores;
• Avaliação do trabalho do professor e demais profissionais da escola, pela visão do aluno;
Experiências inovadoras de Conselho de Classe

Conselho de Classe/ série participativo

O conselho de classe série/participativo, já realizado pela iniciativa de algumas escolas tocantinenses apresenta um grande diferencial: é realizado não apenas com o representante de turma e sim com todos os alunos de cada turma, entendendo que apenas um ou dois alunos representando a sua classe, não viabiliza a mesma riqueza de debate e democratização das tomadas de decisões que é viabilizada mediante a assembléia de discussões que é realizada com todos os alunos de uma respectiva série juntamente com o corpo docente.
Também participa do Conselho de Classe /Série Participativo: Representantes de Pais, Todos os Professores da respectiva turma, Gestor, Orientador educacional, Coordenadores Pedagógicos e Secretário. O objetivo é proporcionar, uma assembléia de discussões coletiva a respeito de toda a dinâmica escolar, onde todos, corpo docente e discente individualmente deverão se auto avaliar quanto ao perfil desejado pela escola, como também avaliar a dinâmica educacional como um todo, oportunizando efetivamente a participação dos alunos nas tomadas de decisões pertinentes a gestão da referida Unidade de Ensino. Uma vez que o foco do conselho não deve ser o problema em se, mas a solução do problema depois de diagnosticado, culminando na assinatura de um termo de compromisso resultante das tomadas de decisões no qual todos, corpo docente e discente deverão se co-responsabilizar pela concretização do mesmo.

Como organizar o Conselho de Classe/Série Participativo?

Mobilizando a comunidade escolar – Para adesão desta estratégia que oportuniza a realização do Conselho de Classe por série.

Formando Consciência – Sensibilizar a equipe pedagógica e gestora, pais, alunos e professores sobre o significado, o fundamento e a responsabilidade de todos diante do processo participativo.

Discutindo previamente com os professores sobre a realidade de cada turma – Organize antecipadamente uma reunião com todos os professores e equipe pedagógica, para discutir sobre a realidade de cada turma, levantando os aspectos positivos e os que precisam ser melhorados. O professor conselheiro, de cada turma deve anotar todas as informações que foram discutidas, para que este prévio conhecimento de todas as turmas sirva, para a equipe pedagógica da escola, como parâmetro norteador das discussões futuras do conselho de classe, com a participação de todos.

Realizando – Pode ser realizado nos primeiros e últimos horários, ficando atividades pré organizadas repassados aos representantes de turmas se tratando do Ensino Médio, onde direcionarão as atividades na ausência dos professores. Ressaltando que para essa realização de conselho todos os demais setores são mobilizados para dar assistência geral a escola durante a realização dos conselhos.

Mediando Conflitos – O diretor, o Coordenador e Orientador Educacional são os mediadores e tem a missão de conduzir a reunião do Conselho de forma democrática, usando sempre o bom senso para resolver situação de conflito, que possam surgir, não perdendo de vista o resgate da auto-estima dos alunos e dos professores.
Após o Conselho

Intervenções Necessárias – A Orientação Educacional juntamente com a Coordenação Pedagógica quando necessário fará posterior intervenções, em sala de aula ou individualmente com alguns alunos ou professor, de acordo com as necessidades diagnosticadas no momento da realização do conselho, do que não foi possível resolver, ressaltando que tais abordagens se darão em casos especiais, uma vez que deve se primar pela tomada de decisão no próprio conselho.

Resultados Alcançados

Tomada de decisões X Resolução - Uma das principais vantagens deste conselho é que possibilita identificar os problemas e soluções, pois no ato do Conselho já são tomadas às decisões, conjuntamente, resultando em acordos firmados e assinados por ambas as partes, corpo docente e discente.

Integração, corpo docente e discente – Como o processo democrático valia e se auto-estima conjuntamente buscando as melhores alternativas para o sucesso de ambos primando pela transparência das relações, compartilhando responsabilidades e o sucesso da escola, experiências relatam que a relação entre eles se tornou muito mais fortalecidas e amadurecidas principalmente entre professor e alunos.

Rompendo velhos paradigmas – O Conselho de Classe tornou-se um espaço democrático, portanto estimulante e prazeroso, de discussão e análise.

Exercício da Cidadania – O Conselho de Classe série-participativo oportuniza o corpo discente a participar do processo ensino-aprendizagem com autenticidade, maturidade, fazendo-os participantes do planejamento escolar e responsáveis pelas decisões tomadas coletivamente.

Melhoria no rendimento escolar – É fato que a democratização de idéias e tomada de decisões quanto ao fazer escolar, viabiliza um maior comprometimento quanto ao resultados educacionais uma vez que o mesmo objetivo passa a ser não apenas almejado mais corresponsabilizados por todos .

Alguns lembretes!

• Toda pratica pedagógica pode ser aperfeiçoada e melhorada tanto a do docente quanto a do discente;
• Compreender que o foco das discussões do conselho de classe deve ser a solução do problema e não o problema em si, depois de diagnosticado;
• O conselho de classe só terá sucesso se todos compreenderem a sua essência, equipe pedagógica, alunos e demais funcionários, ou seja o conselho de classe não é lugar para julgar ninguém e nem “acertos de contas”, se os alunos não compreenderem o significado do conselho, cabe a equipe pedagógica da escola trabalhar esta questão;
• Ao compormos o corpo docente da escola, somos tidos como referência, portanto, não podemos ficar na defensiva ao sermos avaliados, encarando a avaliação como punição, é provável que os alunos copiem esta atitude;
• É preciso ter humildade! por melhor profissional que eu seja, não estou impossibilitado de errar, assim como os nossos alunos;
• Antes de avaliar a postura do outro devemos olhar em 1º lugar para nós mesmos; “as nossos ações falam mais alto que as nossas palavras”;
• O orientador Educacional deverá apresentar uma postura de mediador, aquele que proporcionará um elo de ligação entre os profissionais de educação e os alunos, favorecendo o bom relacionamento entre ambos;
• O conselho de classe deve se tornar um espaço para reflexão e discussão quanto às dificuldades de ensino, de aprendizagem, adequação dos conteúdos, curriculares, metodologias empregadas, competência e habilidades, enfim, da própria proposta pedagógica da escola para se adequar ás necessidades dos alunos;
• O conselho de classe deve possibilitar não só a análise do desempenho do aluno e, mas, do desempenho da própria escola, de forma conjunta e cooperativa pelos que integram a organização escolar (professores e outros profissionais, alunos e pais);
• O conselho de classe deve primar pela reflexão coletiva democrática, onde a equipe pedagógica deve fazer uso da mediação de conflitos tendo em vista a resolução de empasses que possam surgir, não perdendo de vista o resgate da auto-estima dos envolvidos, possibilitando a consciência critica, criativa e o interesse pelo processo ensino-aprendizagem;
• É necessário que o corpo docente da escola reveja seus conceitos de liderança e autoridade. Lembre-se que as pessoas produzem muito mais quando respeitadas na sua individualidade, estimuladas na sua capacidade e orientadas nas suas falhas e limitações de forma segura e respeitosa;
• Esquematize uma forma de conselho de classe no qual todos efetivamente tenham oportunidades de participação;
• Muitas vezes pedimos para que os alunos se avaliem, reflitam sobre suas falhas, sobre sua atuação e mude de postura, isto é fácil, o difícil é fazermos o mesmo;

Acredita-se......


Que Conselho de Classe bem fundamentado se torna um grande instrumento para o crescimento qualitativo da escola, pois através do mesmo são oportunizados momentos de crescimento integral, coletivo, na medida em que permite a participação direta e critica de todos os envolvidos no processo pedagógico, onde todos avaliam e se auto-avaliam, partindo do principio que podemos estar sempre melhorando e aperfeiçoando a nossa prática quer quanto docente, quer quanto discente, tudo isto permite descentralização das tomadas de decisões e a responsabilidade coletiva do fazer escolar.

A ética só é eficaz quando criamos condições para que as identidades se construam pelo desenvolvimento da sensibilidade e pelo reconhecimento do direito à igualdade.
(Parecer CEB. 15/98.Mello)

Ismeni Lima de Moura
Orientadora Educacional /Seduc





Um comentário: